"INETESE é uma decisão política pensada no amanhã e no futuro das populações jovens na Lagoa"

"INETESE é uma decisão política pensada no amanhã e no futuro das populações jovens na Lagoa"

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   8 de Fev de 2019, 18:15

“A Escola Profissional INETESE é uma decisão política pensada no amanhã e no futuro das populações jovens na Lagoa”, disse Cristina Calisto, presidente da Câmara Municipal de Lagoa, esta sexta-feira, na inauguração da escola profissional.

Na ocasião, a autarca aproveitou o momento para enaltecer que a Lagoa “atravessa um momento diferente, num rumo que trará uma nova realidade ao concelho” e que a fixação “desta escola profissional foi uma decisão pensada no amanhã, no futuro das populações jovens e naquilo que se espera da nova geração num futuro próximo”, afirmou, citada em nota de imprensa.


A INETESE confere à Lagoa, segundo a presidente “uma nova resposta educativa”, para além dos inúmeros projetos que já existem em parceria com as escolas. Este novo projeto serve, assim para “implementar medidas que possam suportar a melhoria educativa do nosso concelho, numa perspetiva de qualificação dos recursos humanos, novas dinâmicas económicas e novos investimentos privados estão a surgir no concelho.


Recorde-se que o edifício, antiga Pousada de Juventude de Lagoa, foi alvo de obras de adaptação para o dotar dos meios necessários “não só para a execução do projeto educativo, orientado por critérios de renovada qualidade e inovação, mas também para a melhoria das condições de trabalho da comunidade escolar, de forma a promover a qualidade e a notoriedade do percurso educativo dos alunos”, lê-se em nota da autarquia.


As novas instalações dispõem de seis salas de aula (incluindo a de informática); sete casas de banho (uma para pessoas com mobilidade reduzida); hall de entrada; receção; serviços administrativos; gabinete de direção pedagógica; gabinete médico; três arquivos; gabinete de direção financeira; sala de formandos; sala de formadores.


Criado no ano letivo de 2002/03, o INETESE tem assumido “um papel de relevo na formação de inúmeros jovens açorianos dotando-os de saberes e competências ajustados às solicitações do mercado de trabalho”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.