Incêndio em suinicultura no Cartaxo matou 1.175 animais


 

Lusa/Ao online   Nacional   3 de Fev de 2019, 21:21

Um incêndio que deflagrou esta manhã numa suinicultura em Ferreiros, concelho do Cartaxo, provocou a morte de 75 porcas parideiras e de 1.100 leitões, disse hoje à Lusa o comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo.

"O incêndio atingiu a zona da maternidade da suinicultura e daí ter vitimado um número tão grande de leitões", refere o comandante David Lobato, acrescentando que "a estrutura da suinicultura foi muito atingida pelas chamas, tendo sofrido danos avultados".

O incêndio deflagrou pelas 07:30, por razões ainda não apuradas, tendo sido combatido durante "mais de uma hora e meia" por vinte elementos dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, apoiados por nove viaturas.

Os bombeiros permanecem no local em operações de rescaldo.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém estiveram ainda no local elementos da GNR e dos Bombeiros de Santarém.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.