Sociedade

Importância do diálogo intercultural em debate

Importância do diálogo intercultural em debate

 

Rui Jorge Cabral / Daniela Correia   Regional   30 de Out de 2009, 17:47

As ilhas dos Açores representam para muitas pessoas uma oportunidade de verem as suas vidas melhoradas economicamente. Por sua vez, estes imigrantes que se deparam com uma nova realidade, trazem também consigo os valores que lhes foram incutidos pela sua cultura. A “Interculturalidade  explicada aos mais novos” foi o tema da conferência que decorreu esta sexta-feira na Escola Secundária das Laranjeiras.
Esta iniciativa desenvolvida pela Associação dos Imigrantes nos Açores (AIPA) teve como objectivo contribuir para despertar nos jovens a necessidade para a valorização do diálogo intercultural.

Segundo o presidente da AIPA  “hoje a questão da imigração faz cada vez mais parte da sociedade açoriana, são cerca de 4200 pessoas (...) que para além de virem aqui procurar melhores condições de vida, trazem as suas culturas e as suas formas de ver a vida.

Porém também encontram uma outra cultura, outras verdades e por esta razão é muito importante tentarmos em conjunto estarmos aptos para podermos dialogar e construir uma sociedade que consiga valorizar e ser mais rica na diversidade”.

Celina Pereira, convidada por Paulo Mendes, falou durante aproximadamente uma hora, num ambiente descontraído e  divertido, com vários alunos do sétimo ano sobre a questão da interculturalidade.

A oradora disse que  a diversidade cultural, a multiculturalidade e a interculturalidade são palavras que às vezes entram no vocabulário do dia-a-dia das pessoas, sendo que muitas não sabem o seu verdadeiro significado.


Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Sábado , Dia 31 de Outubro de 2009

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.