Açoriano Oriental
Iluminação de Natal de Ponta Delgada foi inaugurada com milhares de luzes 'led'

A iluminação de Natal em Ponta Delgada é composta por “milhares de luzes de tecnologia ‘led’”, que consomem menos energia, e o período de funcionamento das decorações vai respeitar as recomendações da associação de municípios, revelou a autarquia açoriana.

Iluminação de Natal de Ponta Delgada foi inaugurada com milhares de luzes 'led'

Autor: Lusa /AO Online

Em comunicado, a Câmara de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, que ligou a iluminação natalícia na sexta-feira à noite, explica que pretende “fomentar o espírito natalício junto da população, assumindo-se como mais um investimento para impulsionar o comércio tradicional e incentivar as compras na baixa citadina”.

“As luzes ‘led’ que estão a ser utilizadas na iluminação de Natal de Ponta Delgada consomem, em média, 90 por cento menos energia que as lâmpadas tradicionais, apresentando igualmente uma longevidade bastante superior e, como tal, um impacto ambiental consideravelmente menor”, refere o município.

A autarquia indica que “o período de funcionamento da iluminação decorativa respeitará as recomendações horárias que vierem a ser apresentadas pela Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores (AMRAA)”, sem especificar qual o horário que será praticado até então.

O plano de poupança de energia 2022-2023, publicado em setembro numa resolução do Conselho de Ministros, preconiza a implementação de várias medidas, entre as quais a limitação da iluminação decorativa no Natal para o período entre as 18:00 e as 24:00.

Uma limitação para vigorar de 06 de dezembro de 2022 a 06 de janeiro de 2023.

Citado no comunicado da Câmara de Ponta Delgada, o presidente da autarquia, Pedro Nascimento Cabral, destacou que, com as luzes inauguradas a 11 de novembro, foi dado “um salto importante para prolongar” a época natalícia, “indo ao encontro das justas aspirações dos comerciantes e fazendo com que Ponta Delgada tenha uma vida própria este Natal”.

“O Natal é solidariedade, entreajuda e amor e, nesse quadro, o que pretendemos é trazer, novamente, dinamismo ao centro histórico para que haja uma ambiência mais convidativa à realização de compras nos seus espaços comerciais e de restauração”, acrescentou.

Segundo o autarca, no “processo contínuo de uma cidade dinâmica, moderna e aberta, não só para os que nela vivem como para os que a visitam, a iluminação de natal também se configura como um cartaz fundamental”.

Ainda de acordo com a câmara, a árvore de Natal, “que surge tradicionalmente iluminada no passeio sul da Avenida Infante D. Henrique, apresenta 15 metros de altura e sete metros de diâmetro”.



PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados