Açoriano Oriental
Homem resgatado de falésia na Lagoa

A Autoridade Maritima anunciou que efetuou o salvamento de um homem de 48 anos que estava desaparecido desde 22 de junho, na Lagoa.


Autor: Ana Carvalho Melo

De acordo com nota enviada à comunicação social, cerca das 9h45 horas desta quarta-feira, foi dado o alerta do desaparecimento de um homem de 48 anos, cujo paradeiro era desconhecido desde a tarde do dia 22 de junho, altura em que foi pescar para uma zona de falésia na freguesia de Lagoa.


 A mesma nota revela que após o alerta, foram empenhadas de imediato a embarcação SR39 e uma mota de água, ambas da Estação Salva-vidas de Ponta Delgada, que se dirigiram para o local, tendo localizado o individuo em cima das rochas, junto à linha de água, cerca de 40 minutos depois. O acidentado foi encontrado numa zona rochosa, de difícil acesso, consciente, com dificuldades em se expressar e com hematomas vários.


A ação de salvamento e resgate foi realizada "em condições muito adversas (zona de rebentação)" por 3 tripulantes do ISN e 2 agentes da Policia Maritima do Grupo de Mergulho Forense dos Açores sediado em Ponta Delgada, contando com o auxílio de mais 1 Subchefe e 1 Agente da Polícia Marítima (PM) e 2 militares da vigilância motorizada – Projeto “Seawatch”, tendo o homem foi resgatado para a embarcação SR39, transportado até à Marina de Ponta Delgada e conduzido ao hospital por uma ambulância que já se encontrava em espera no cais.


 A mesma nota acrescenta que colaboraram com os órgãos da DGAM e da PM, nesta ação de salvamento, os Bombeiros de Ponta Delgada e o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.