Guimarães 2012 vai ter em conta a crise mundial


 

Lusa / AO online   Nacional   16 de Out de 2009, 18:58

A crise económica vai ser tida em conta na preparação da Capital Europeia da Cultura em Guimarães, em 2012, afirmou Tom Fleming um dos oradores de um fórum sobre o papel da cultura na transformação das cidades europeias.
“A cultura é um forte factor de desenvolvimento económico e de coesão social, provocando o desenvolvimento local e regional. E a crise económica tem que ser tida em conta na preparação da Capital Europeia da Cultura”, sustentou Tom Fleming, consultor cultural e um dos oradores mais esperados no Fórum Guimarães.

O fórum é um espaço de discussão sobre “Uma alma para a Europa - O papel da cultura na transformação das cidades europeias”, que termina sábado no Centro Cultural Vila Flor.

Cerca de uma centena de agentes culturais estão a debater o que está em preparação, o que vai acontecer e o que ficará em Guimarães depois da Capital Europeia da Cultura em 2012 (CEC 2012).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.