Açoriano Oriental
Governo Regional prevê conclusão das obras na EBI das Capelas no primeiro semestre de 2022

O Governo dos Açores tem “a expetativa” de que as obras de requalificação das instalações da Escola Básica Integrada (EBI) das Capelas estejam concluídas em abril de 2022, anunciou esta terça-feira o secretário regional da Educação e Cultura.

Governo Regional prevê conclusão das obras na EBI das Capelas no primeiro semestre de 2022

Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Segundo nota do executivo, Avelino Meneses, que visitou a obra da EBI das Capelas, no âmbito da visita do Governo à ilha de S. Miguel, adiantou que se estima que, na Páscoa de 2021, após a conclusão da 1.ª fase das obras, possa ocorrer “a transferência de alunos para as instalações que já são definitivas”.

Após a suspensão de cerca de um ano e meio, resultante da necessidade de remodelação do projeto de aquecimento, ventilação e ar condicionado (avac), a empreitada foi retomada em junho e, por essa razão, foi recalendarizada, referiu o secretário regional.

A intervenção na EBI das Capelas visa a requalificação e beneficiação deste complexo escolar destinado a 800 alunos, assim como reforçar a sua capacidade com a construção de novos edifícios, o que permitirá aumentar as salas de aula, passando a contar com 33 salas de aula normais e duas de pequena dimensão.

As obras, adjudicadas à empresa Marques, S.A. pelo valor base de 7,4 milhões de euros, vão também permitir criar novas salas para disciplinas específicas, como Educação Visual e Tecnológica, dois laboratórios de Ciências e um laboratório de Física e Química.

A intervenção vai ainda possibilitar a reestruturação de algumas das zonas existentes, como a cozinha e a biblioteca, dotando-as de mais espaço e de melhores condições funcionais, assim como a criação de um núcleo de Educação Especial e de novas zonas destinadas a áreas de trabalho e de convívio de alunos, professores e pessoal auxiliar.

A empreitada inclui também a melhoria das atuais zonas desportivas, com a criação de uma sala de ginástica, bem como das áreas destinadas à administração e gestão da escola, assim como a criação de um percurso acessível coberto por toda a escola, permitindo a ligação entre todos os edifícios.

Por outro lado, acrescentou Avelino Meneses, o Executivo está a aguardar o visto do Tribunal de Contas o processo relativo à construção da Escola de Rabo de Peixe, enquanto o processo da Escola dos Arrifes se encontra na fase de análise das propostas apresentadas a concurso.

O titular da pasta da Educação referiu ainda que o processo relativo à Escola Básica Integrada da Lagoa, nomeadamente de remoção de coberturas de amianto, está na fase de consignação da empreitada, prevendo-se o início dos trabalhos para breve.




 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.