Açoriano Oriental
Governo reforça valores pagos pelos serviços prestados pelas Unidades de Cuidados Continuados

A portaria que estabelece a atualização dos valores pagos pela prestação de serviços nas duas tipologias da Rede de Cuidados Continuados Integrados, nomeadamente de longa duração e manutenção e de média duração e reabilitação, foi publicada esta sexta-feira em Jornal Oficial.

article.title

Foto: Henriques da Cunha/Global Imagens/Arquivo AO
Autor: AO online

De acordo com o executivo regional, esta alteração vem assegurar uma atualização com efeitos retroativos a janeiro de 2019 de 4%, e de 3,5% em 2020, a que acresce o montante diário de 25 euros, com efeitos a 1 de janeiro deste ano, a aplicar aos casos de utentes que integram a rede com úlceras por pressão.

Este aumento resulta do acordo entre o Governo dos Açores, através das secretarias regionais da Solidariedade Social e da Saúde, com a União Regional das Misericórdias dos Açores (URMA) e com a União Regional de Instituições Particulares de Solidariedade Social (URIPSA).

A revisão e atualização dos preços visa melhor corresponder às necessidades de cuidados dos Açorianos, por via do adequado financiamento e funcionamento das unidades de internamento das Instituições Particulares de Solidariedade Social e das Misericórdias.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.