Açoriano Oriental
Saúde
Governo espera poupar 270 mil euros anuais em refeições para doentes
O secretário regional da Saúde, Miguel Correia, revelou que a aquisição centralizada de refeições para os doentes dos três hospitais dos Açores vai permitir uma poupança de 270 mil euros por ano.
Governo espera poupar 270 mil euros anuais em refeições para doentes

Autor: Lusa/AO online
Miguel Correia salientou que a providência cautelar apresentada por um dos concorrentes ao concurso "foi rejeitada pelo tribunal", pelo que já estão reunidas as condições para "assinar o contrato com a empresa vencedora”.

O contrato estabelece que a empresa fica também com a responsabilidade de fornecer água aos doentes, o que não acontecia anteriormente, além de permitir poupanças indirectas “na manutenção de equipamentos e luz nas cozinhas”.

Até agora, os hospitais de Ponta Delgada, Angra do Heroísmo e Horta contratavam individualmente o fornecimento de refeições para os doentes, passando a existir agora uma centralização para a aquisição das cerca de 381 mil refeições anuais servidas naquelas unidades de saúde.

Esta centralização permite à região pagar 3,52 euros por refeição, abaixo dos 3,69 euros pagos em Ponta Delgada, os 3,96 euros em Angra do Heroísmo e os 6,55 euros na Horta.
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.