Governo dos Açores quer região como referência no uso sustentável do mar

Governo dos Açores quer região como referência no uso sustentável do mar

 

Lusa/AO Online   Regional   8 de Mar de 2019, 08:15

O Governo dos Açores declarou ter a "ambição" de tornar a região uma "referência no uso sustentável do mar", contando agora com a colaboração de uma "uma rede internacional de parceiros" para "melhorar a conservação marinha".

Em nota enviada à imprensa pelo gabinete do secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia, que se encontra nos Emirados Árabes Unidos na Cimeira Mundial dos Oceanos, é referido que a rede de parceiros, chamada "Blue Prosperity Coalition", foi apresentada durante o evento e associou-se ao executivo açoriano na "ambição de alargar as áreas marinhas protegidas" da região.

A "Blue Prosperity Coalition", diz o secretário regional, Gui Menezes, citado na nota de imprensa, vai contribuir para o desenvolvimento da economia azul na região e para o uso sustentável do mar açoriano, na medida em que esta organização poderá financiar, por exemplo, projetos ligados à biotecnologia marinha, mas também ações de promoção da literacia dos oceanos.

"Estas parcerias são muito importantes para termos uma economia cada vez mais sustentável" e podem contribuir para os Açores "manterem uma imagem de sustentabilidade", prosseguiu o governante.

Gui Menezes advoga que os Açores têm “boa ciência, boa governação e um setor pesqueiro bem estruturado”, salientando que existem condições para serem "bem-sucedidos" e para darem "um sinal ao mundo de que são uma região que quer fazer diferente" no que diz respeito a áreas como a sobrepesca, a pesca ilegal e o lixo marinho, nomeadamente a poluição causada pelos plásticos.

"A ambição deste Governo [Regional] é que, daqui a uns anos, sejamos uma região de referência no uso sustentável do mar, e que isso possa servir de exemplo a outras regiões e países”, sublinhou o titular da pasta do Mar do Governo dos Açores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.