Açoriano Oriental
Governo dos Açores diz que região gerou 4 mil milhões de euros de riqueza em 2017

O presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, anunciou que, de acordo com "dados provisórios" do Instituto Nacional de Estatística (INE), a região fechou 2017 com mais de quatro mil milhões de euros de riqueza gerada.

article.title

Foto: Gacs
Autor: Lusa/AO Online

"Dados provisórios do INE dão conta de que, pela primeira vez, em 2017, teremos, em termos de riqueza produzida na nossa região, ultrapassado a barreira dos quatro mil milhões de euros", valorizou hoje o chefe do Governo dos Açores e também presidente do PS/Açores.

Vasco Cordeiro falava em Ponta Delgada no arranque de jornadas parlamentares do partido em torno da anteproposta de Plano e Orçamento para 2019 da região.

Dirigindo-se aos deputados socialistas, Vasco Cordeiro realçou ainda que, em matéria de défice e dívida pública, os Açores estão com "cerca de metade daqueles que são os valores de referência" na União Europeia: 1,2% de défice em 2017 e uma dívida pública em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) de "cerca de 40%, metade da média comunitária".

"Isso são indicadores relevantes quanto à utilidade, ao rigor, e à exigência que colocamos na ação que temos desenvolvido", disse o chefe do executivo regional.

Lembrando que a proposta de orçamento dos Açores para 2019 surge num momento importante, de "início da segunda metade da legislatura", Vasco Cordeiro reiterou a aposta no que diz ser o trabalho "exigente, ambicioso" e que tem dado "resultados" da governação socialista.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.