Governo dos Açores diz que região gerou 4 mil milhões de euros de riqueza em 2017

Governo dos Açores diz que região gerou 4 mil milhões de euros de riqueza em 2017

 

Lusa/AO Online   Regional   23 de Out de 2018, 16:42

O presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, anunciou que, de acordo com "dados provisórios" do Instituto Nacional de Estatística (INE), a região fechou 2017 com mais de quatro mil milhões de euros de riqueza gerada.

"Dados provisórios do INE dão conta de que, pela primeira vez, em 2017, teremos, em termos de riqueza produzida na nossa região, ultrapassado a barreira dos quatro mil milhões de euros", valorizou hoje o chefe do Governo dos Açores e também presidente do PS/Açores.

Vasco Cordeiro falava em Ponta Delgada no arranque de jornadas parlamentares do partido em torno da anteproposta de Plano e Orçamento para 2019 da região.

Dirigindo-se aos deputados socialistas, Vasco Cordeiro realçou ainda que, em matéria de défice e dívida pública, os Açores estão com "cerca de metade daqueles que são os valores de referência" na União Europeia: 1,2% de défice em 2017 e uma dívida pública em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) de "cerca de 40%, metade da média comunitária".

"Isso são indicadores relevantes quanto à utilidade, ao rigor, e à exigência que colocamos na ação que temos desenvolvido", disse o chefe do executivo regional.

Lembrando que a proposta de orçamento dos Açores para 2019 surge num momento importante, de "início da segunda metade da legislatura", Vasco Cordeiro reiterou a aposta no que diz ser o trabalho "exigente, ambicioso" e que tem dado "resultados" da governação socialista.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.