Governo dos Açores disponível para ser ouvido no parlamento sobre transporte marítimo

Governo dos Açores disponível para ser ouvido no parlamento sobre transporte marítimo

 

Lusa/AO Online   Regional   14 de Jun de 2019, 17:39

O Governo dos Açores solicitou a audição da secretária regional dos Transportes e Obras Públicas em sede de comissão no parlamento regional "para esclarecer os deputados sobre a operação de transporte marítimo de passageiros e viaturas na região".

De acordo com fonte do executivo contactada pela agência Lusa, a "disponibilidade de Ana Cunha foi já formalizada pelo secretário regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, Berto Messias, junto da presidente da assembleia, Ana Luísa Luís".

"O Governo dos Açores entendeu avançar com este pedido de audição da secretária regional dos Transportes e Obras Públicas em sede de comissão parlamentar, tendo em conta que, apesar de ter sido anunciado pelo presidente do PSD/Açores que pretendia reunir-se com o presidente do Governo sobre este assunto, essa intenção não chegou, até ao momento, a ser formalizada", prosseguiu a mesma fonte.

O líder do PSD/Açores anunciou hoje ter pedido uma reunião com “caráter urgente” ao presidente do Governo Regional para abordar os “falhanços” na operação de verão de transporte marítimo de passageiros e viaturas na região.

Citado numa nota de imprensa, Alexandre Gaudêncio considera que “são demasiados os falhanços na operação de transporte marítimo de passageiros”, que é assegurada pela transportadora pública Atlânticoline.

A empresa anunciou na terça-feira que fretou o navio “Aqua Jewel” para assegurar a operação de verão, depois de o armador do “Azores Express” ter rescindido o contrato.

“Apesar de todos os esforços e empenho da Atlânticoline para garantir o navio ‘Azores Express’ na operação sazonal de 2019, tal não foi possível, uma vez que o armador, face aos sucessivos atrasos no cumprimento das suas obrigações contratuais, apresentou a rescisão do contrato no passado dia 09 de junho”, avançou a empresa em comunicado de imprensa.

Habitualmente, a operação de verão de transporte de passageiros e viaturas da Atlânticoline é feita com recurso a dois navios, um rápido e um convencional, que ligam todas as ilhas dos Açores, exceto o Corvo.

Hoje também foi anunciado que o 'ferry' “Gilberto Mariano”, que faz ligações entre as “ilhas do Triângulo” (São Jorge, Pico e Faial), deverá ficar imobilizado até ao final do mês, na sequência da avaria detetada na quarta-feira.

A duração da imobilização prende-se com a extensão da avaria, que afeta o sistema de injeção de um dos 16 cilindros da máquina principal de estibordo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.