A 6 de agosto

Governo dos Açores abre candidaturas para apoio extraordinário aos agricultores afetados pela seca

Governo dos Açores abre candidaturas para apoio extraordinário aos agricultores afetados pela seca

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   3 de Ago de 2018, 12:28

Os agricultores dos Açores com perdas na produção e/ou colheita das culturas de milho, hortícolas e tabaco devido à seca podem candidatar-se a partir de 6 de agosto e durante 30 dias a um apoio extraordinário.

De acordo com a portaria publicada esta sexta-feira em Jornal Oficial “este apoio surge na sequência da acentuada e persistente diminuição de precipitação que se tem verificado na Região Autónoma dos Açores desde o início de março de 2018, afetando de forma muito significativa as culturas referenciadas”.

 

Podem beneficiar desta ajuda os agricultores cujas explorações tenham sido comprovadamente afetadas pela seca, devendo para o efeito apresentar um pedido de apoio junto aos Serviços de Desenvolvimento Agrário da respetiva ilha, acrescenta nota do Gacs.

 

Os apoios financeiros a conceder pelas perdas comprovadas nas culturas do milho, hortícolas e tabaco variam entre os 25% e os 75%, sendo que estão excluídos da atribuição do presente regime excecional de apoio, os agricultores cujas explorações apresentem prejuízos inferiores a 200 euros.

 

Os montantes de referência a considerar para a cultura do milho, hortícolas e tabaco serão definidos por despacho do membro do Governo com competência em matéria de Agricultura.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.