Governo diz não a alterações no projecto Scut para o Nordeste

Governo diz não a alterações no projecto Scut para o Nordeste

 

Paulo Faustino   Regional   21 de Out de 2009, 15:28

O Governo Regional não vai mexer no traçado do projecto das estradas Scut em direcção ao Nordeste, o que significa que não aceita a pretensão da Câmara Municipal do Nordeste e do PSD, de estender aquela via ao lugar da Pedreira e de que seja construído um novo viaduto sobre a Ribeira do Guilherme a ligar a Lomba da Fazenda à Vila.
Terça-feira, o secretário da Ciência, Tecnologia e Equipamentos foi muito claro sobre essa matéria, depois de ter sido ouvido pela Comissão de Economia do parlamento açoriano. José Contente explicou que a Lomba da Fazenda está separada da Vila do Nordeste por apenas 2,2 quilómetros.

Contente diz que o tempo que se pouparia com o projecto pretendido pelo município - cerca de um minuto - não tem cabimento face ao investimento superior a 5 milhões de euros que ali teria de ser feito, além de um impacto ambiental “negativo correctamente assinalado” pela Direcção Regional do Ambiente.

Por outro lado, José Contente salienta que neste momento seria juridicamente inviável alterar o projecto das estradas Scut. “Sob o ponto de vista técnico, ambiental, financeiro e jurídico nós, nesta fase, não iríamos alterar o contrato para podermos ter um novo reequilíbrio financeiro se adoptássemos uma solução que, quanto a nós, não tem fundamentação”.

Aliás, o secretário compara criticamente a proposta da autarquia presidida por José Carlos Carreiro a “um risco em cima de um mapa, não um projecto”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.