Governo destaca ligeiro aumento do investimento na Agricultura

Governo destaca ligeiro aumento do investimento na Agricultura

 

Lusa/AO online   Regional   5 de Nov de 2013, 11:36

O secretário regional dos Recursos Naturais dos Açores garantiu que, apesar das críticas do setor, a área da agricultura vai registar um "ligeiro aumento" do investimento em 2014.

 

"Não é um aumento muito relevante, é apenas 1%, é um ligeiro aumento, mas que vai permitir executar todos os projetos contemplados no programa", explicou Neto Viveiros no final de uma audição na Comissão de Economia da Assembleia Legislativa dos Açores, na cidade da Horta, sobre as propostas de Plano e Orçamento da região para o próximo ano.

Segundo explicou Neto Viveiros, para o setor da agricultura está contemplada uma verba de 141,7 milhões de euros, para investimentos em obras como o Laboratório Regional de Veterinária, os parques de exposições de São Miguel e da Terceira e a construção de dois novos matadouros, no Faial e na Graciosa.

A Federação Agrícola dos Açores (FAA), num parecer à anteproposta de Plano Anual Regional para 2014, lamentou o investimento público no setor previsto no documento.

Para a Federação, o investimento no setor “não corresponde às expectativas” e é “insuficiente”, sublinhando que o investimento na área da agricultura “é por todos reconhecido”, designadamente pelo Governo dos Açores, como “gerador de retorno na economia” de forma transversal.

Para os agricultores, as verbas são insuficientes "atendendo à conjuntura complexa e problemática que a agricultura atravessa”, destacando ainda que o setor tem sido alvo de um “desinvestimento” nos últimos anos.

“Embora o valor global do investimento público no setor agrícola seja ligeiramente superior ao do ano passado devido ao impacto dos fundos comunitários, a componente regional tem sofrido um decréscimo acentuado nos últimos anos”, diz a FAA.

A dotação global da Secretaria Regional dos Recursos Naturais para 2014 sofre um corte de verbas, em relação a 2013, mas que vai incidir, sobretudo, no setor do ambiente, destino de 27 milhões de euros no próximo ano.

Neto Viveiros destacou hoje, por outro lado, o investimento público previsto para o setor das pescas, para o qual estão reservados 38 milhões de euros, que serão aplicados nas obras do Porto de Pescas de Rabo de Peixe, em São Miguel, no melhoramento do porto da Povoação, na construção do Entreposto Frigorífico de Ponta Delgada e na modernização da frota de pesca açoriana.

O parlamento dos Açores iniciou hoje a audição dos membros do Governo açoriano no âmbito da apreciação dos documentos orçamentais regionais para 2014, que serão debatidos e votados em plenário no final do mês.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.