Visita estatutária

Governo cria Sociedade Anónima para gestão ambiental

Governo cria Sociedade Anónima para gestão ambiental

 

Hélder Blayer   Regional   12 de Nov de 2009, 18:03

O executivo regional vai criar uma sociedade anónima com um capital social de 50 mil euros, para a promoção de acções de gestão ambiental e de conservação da natureza e dos recursos naturais.
A “Sociedade de Gestão Ambiental e Conservação da Natureza, S.A.” vai promover a participação pública em matéria ambiental e nas áreas da informação, divulgação e educação ambiental.

Esta empresa, que vai ficar sob a tutela da Secretaria Regional do Ambiente e Mar, passa a ter responsabilidades na gestão das áreas protegidas da região (terrestres e marinhas), indo ainda construir e explorar as infra-estruturas destinadas à recolha, transferência, valorização e destino final de resíduos, águas residuais e derivados.

Na leitura do comunicado do conselho de governo, André Bradford salientou que face à dimensão que o sector vem adquirindo, “esta era uma boa via de encontrar uma resposta mais próxima sobre a matéria”.

O Secretário da Presidência adiantou ainda que “este é um sector que começa a ganhar um volume grande de investimento de empreendimentos em curso, nomeadamente na área dos resíduos e que por essa via, começa a exigir uma certa capacidade de operacionalidade e gestão com um grau de exigência cada vez maior, de dedicação e especialização”.


Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Sexta-Feira, Dia 13 de Novembro de 2009

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.