Governo cria novos programas para reforçar diversificação agrícola nos Açores

Governo cria novos programas para reforçar diversificação agrícola nos Açores

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   11 de Dez de 2018, 15:08

O Presidente do Governo anunciou, esta terça-feira, no concelho da Ribeira Grande, três programas que serão implementados em 2019 com o objetivo de valorizar e reforçar o ritmo de crescimento que se verifica na diversificação agrícola nos Açores.

“Temos feito um trajeto, nos últimos anos, bastante significativo. De 2015 a 2018, a área afeta à diversificação agrícola, incluindo a horticultura, a fruticultura e a floricultura, cresceu cerca de 40 por cento”, salientou Vasco Cordeiro, citado em nota do Gacs.



O Presidente do Governo falava após ter visitado a exploração hortícola da jovem agricultora Cláudia Ledo, que recebeu um apoio do ProRural+ de cerca de 300 mil euros e que permitirá, após a conclusão dos investimentos, ter uma área de produção cerca de 30.000 m2 em sistema hidropónico.


Vasco Cordeiro disse ainda que "estamos a trabalhar em três medidas que são particularmente importantes para reforçar este ritmo de crescimento e de valorização da diversificação agrícola”.


Nesse sentido, avançou que, no próximo ano, será lançado um novo programa de apoio à modernização da agricultura - PROAMAF+, que se destina a financiar projetos de investimento até ao montante de 10 mil euros.


Além disso, será criado o Programa de Apoio à Formação de Jovens Agricultores - FORJAGRI, no sentido de reforçar a qualificação técnica e de gestão dos empresários desta área, com o objetivo de retirar mais rendimento e mais valor da sua atividade.


Também em 2019, o Governo dos Açores avançará com programa i9AGRI, destinado a promover e a cofinanciar a introdução de práticas inovadoras nas explorações agrícolas da Região.



Após a visita a esta exploração, Vasco Cordeiro sublinhou ainda que esta aposta no aumento da produção agrícola regional serve o objetivo de, simultaneamente, reduzir as importações de produtos e de aumentar a capacidade exportadora dos Açores.


“Há, por todas as nossas ilhas, vários exemplos desta capacidade. Estamos no bom caminho, mas ainda há trabalho a fazer”, concluiu o Presidente do Governo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.