Educação

Governo compra 2000 portáteis para escolas do primeiro ciclo

Governo compra 2000 portáteis para escolas do primeiro ciclo

 

Lusa/AO online   Regional   26 de Set de 2011, 17:55

As escolas do primeiro ciclo do ensino básico dos Açores vão ser equipadas com cerca de 2.000 computadores portáteis, num investimento de cerca de 500 mil euros que se destina a substituir a aquisição de novos ‘Magalhães’.
“O que o Governo Regional pretende é que os computadores passem a ser parte integrante da escola e não do aluno, ao contrário da filosofia que existiu na altura dos computadores ‘Magalhães’”, afirmou hoje a secretária regional da Educação, Cláudia Cardoso, citada numa nota do gabinete de comunicação do executivo regional.

A responsável considerou que os computadores são uma ferramenta importante para os alunos, defendendo a necessidade de começar a utilizá-los o mais cedo possível, o que justifica esta aposta no equipamento das escolas do primeiro ciclo.

Relativamente aos ‘Magalhães’, a diferença agora é que os computadores “passam a pertencer à escola”, podendo os alunos utilizá-los enquanto estão no estabelecimento de ensino, mas tendo que os deixar na escola quando regressam a casa.

Para Cláudia Cardoso, “é mais importante que a unidade orgânica tenha o computador na sua posse e o possa colocar ao serviço do aluno, do que estar o aluno na posse desse computador”.

“Estando o computador na escola, pode servir um número maior de alunos”, frisou, acrescentando, no entanto, que os computadores ‘Magalhães’ continuam a poder ser utilizados nas escolas do arquipélago.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.