Açoriano Oriental
"Governação socialista não promoveu coesão económica e social dos Açores"

O líder parlamentar do PSD/Açores afirmou, esta quinta-feira, que as políticas seguidas pela governação socialista nesta legislatura não promoveram a coesão económica e social da Região.

article.title

Foto: PSD/A
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Após uma reunião com o Conselho Económico e Social dos Açores, Luís Maurício afirmou, citado em nota, que “a modernização de infraestruturas que tem vindo a ocorrer não foi acompanhada por um nível de desenvolvimento idêntico a nível social e económico. Na educação, os Açores continuam a ter a taxa de abandono escolar precoce mais alta do país. Na saúde, as enormes listas de espera para cirurgia e consultas persistem”.

O líder da bancada social-democrata disse, ainda, que o Plano e Orçamento para 2020 constitui um momento para avaliar os resultados da atual governação socialista.

“Esta é uma altura para avaliar se as políticas seguidas por este governo – ou a falta delas – fizeram crescer a coesão económica e social da Região. No nosso entender não fizeram. Pelo contrário, os Açores perdem população há seis anos consecutivos e a desertificação e envelhecimento demográficos acentuam-se, pondo em risco o desenvolvimento de cada uma das ilhas”, disse.

Desta forma, Luís Maurício lembrou que o grupo parlamentar do PSD/Açores vai propor, durante o debate do Plano e Orçamento da Região para 2020, a criação de Planos Integrados de Desenvolvimento para cada uma das nove ilhas, com vista a combater os riscos de desertificação e do envelhecimento da população.

O líder parlamentar do PSD/Açores acrescentou que os Planos Integrados de Desenvolvimento terão como grande objetivo definir a vocação de cada ilha, identificando constrangimentos e apontando potencialidades”.

“Desta forma será possível tornar forte cada uma das ilhas, para que os Açores sejam uma região forte”, frisou.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.