GM e Chrysler querem concluir fusão nos próximos 15 dias


 

Lusa/AOonline   Economia   20 de Out de 2008, 11:10

Os construtores automóveis norte-americanos General Motors (GM) e Chrysler têm como objectivo concluir a sua fusão nos próximos 15 dias, antes das eleições presidenciais de 4 de Novembro, afirmou domingo o USA Today no seu site de Internet.
Citando fonte próxima das discussões, o jornal revela que as duas empresas fazem igualmente pressão para obter uma assistência financeira por parte do governo, com o objectivo de ajudar à conclusão de um acordo.

    Nenhum dos dois grupos reconheceu publicamente a existência de discussões em curso tendo em vista uma fusão, sem no entanto fazer muitos esforços para os desmentir.

    As conversações entre as duas empresas, noticiadas há uma semana, intensificaram-se nos últimos dias, numa altura em que o espectro da recessão paira sobre o mercado automóvel.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.