Furacão Lorenzo já é o mais forte de sempre a passar pelo nordeste Atlântico

Furacão Lorenzo já é o mais forte de sempre a passar pelo nordeste Atlântico

 

AO Online   Regional   29 de Set de 2019, 16:46

O furacão deverá afetar todas as ilhas dos Açores. Nos grupos ocidental e central as rajadas deverão ultrapassar os 200 km/h e no grupo oriental as rajadas deverão chegar aos 100 km/h.

Segundo o jornal americano "The Washington Post", e contrariamente à previsão de enfraquecimento, o furacão Lorenzo ganhou esta manhã, e por algumas horas, categoria 5 e já é o registo mais forte de sempre a passar pelo Atlântico norte.

Entretanto o Lorenzo já regrediu para categoria 4.

O furacão que deverá chegar aos Açores nos próximos dias é o segundo de grande dimensão a passar pelo Atlântico em 2019, depois do furacão Dorian. A atípica elevada temperatura da água do mar permitiu que Lorenzo atingisse a força que possiu atualmente.

Lorenzo é um furacão de grande dimensão com uma extensão que pode alcançar os 130 quilómetros e cujas rajadas máximas podem chegar a atingir os 250 km/h, ao momento da sua intensidade máxima.

O furacão Lorenzo é o sexto a atingir a categoria 5 desde 2016, depois dos furacões Matthew,Irma, Maria, Michael e Dorian. Só foram registados 26 furacões de intensidade idêntica desde 1960.

2019 é, agora, o sétimo ano com mais do que um furacão de categoria 5, depois de 1932, 1933, 1961, 2005, 2007 e 2017.

O furacão, agora de categoria 4, deverá atingir os Açores nos dias 1 e 2 de outubro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.