Acidente em Andorra

Funerais de quatro vítimas do acidente em Andorra decorre hoje


 

Lusa / AO online   Nacional   12 de Nov de 2009, 14:44

Quatro trabalhadores que perderam a vida na derrocada no túnel de Dos Valires, em Andorra, estão a ser enterrados esta quinta-feira nas suas terras de origem, numa altura em que se aguarda o desfecho do inquérito às causas do acidente.
As terras de onde eram naturais as vítimas mortais, nomeadamente Valpaços, Baião, Terras de Bouro e Paços de Ferreira, vestiram-se hoje de luto para prestar uma última homenagem aos quatro homens que trabalhavam em Andorra.

A quinta vítima mortal da queda de um viaduto em Andorra, que acabou por falecer no hospital depois de ter sido resgatada com vida dos escombros, já foi enterrada quarta-feira em Lordelo, Guimarães.

Também hoje se cumpre naquele país um dia de luto nacional, decretado pelo executivo andorrano.

Cerca do meio-dia de sábado, uma parte da estrutura em construção de um túnel em Dos Valires desabou, devido a causas ainda desconhecidas.

A derrocada provocou a morte a cinco trabalhadores e feriu seis operários, todos eles de nacionalidade portuguesa.

Um dos feridos já teve alta, enquanto os restantes cinco continuam internados, três no hospital de Meritxell e outros dois em Barcelona.

O chefe do Governo de Andorra, Jaume Bartumeu, anunciou quarta-feira que o Conselho de Ministros já começou a analisar a documentação relativa à situação laboral e de segurança da obra no túnel Dos Valires, que vai permanecer parada serem apuradas as causas da derrocada.

Também o Sindicato da Construção Civil do Norte, segundo o dirigente Albano Ribeiro, aguarda o desfecho do inquérito ao acidente.

No entanto, o responsável já disse que as obras "não tinham condições de segurança", uma situação que diz lhe ter sido denunciada vários operários que trabalhavam no túnel de Andorra.

O dirigente sindical disse ainda nos últimos cinco anos, dos 40 trabalhadores que morreram na construção em Espanha, 15 morreram nas obras e restantes na estrada.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.