FC Porto vence Marítimo e aproveita ‘deslize’ do Benfica

FC Porto vence Marítimo e aproveita ‘deslize’ do Benfica

 

Lusa/Ao online   Futebol   3 de Nov de 2018, 19:41

O FC Porto venceu na visita ao Marítimo (2-0), em jogo da nona jornada da I Liga portuguesa de futebol, e aproveitou a derrota do Benfica na sexta-feira para se distanciar no topo da tabela classificativa.

Graças a golos do brasileiro Otávio (70 minutos) e do maliano Marega (73), a equipa de Sérgio Conceição lidera de forma isolada, à condição, uma vez que pode voltar a ser igualada pelo Sporting de Braga, que no domingo recebe o Vitória de Setúbal e pode chegar aos mesmos 21 pontos.

Depois da derrota do Benfica na receção ao Moreirense (3-1), na abertura da ronda, os ‘dragões’ têm agora quatro pontos de vantagem para o atual terceiro classificado.

Por seu lado, o Marítimo sofre a quarta derrota consecutiva e segue no 12.º lugar, com 10 pontos, podendo ser ultrapassado pelo Feirense e igualado por Boavista, que ainda hoje recebe o Vitória de Guimarães, e Desportivo de Chaves.

No encontro, em que os insulares somaram a oitava partida sem vencer em todas as competições, as poucas oportunidades de parte a parte durante o primeiro tempo deram lugar a uma etapa complementar em que os campeões nacionais estiveram melhor.

Marega teve uma primeira ocasião soberana para marcar, através de uma grande penalidade, mas foi negado pela defesa do iraniano Amir, aos 64, antes de a entrada de Otávio mudar o encontro.

O médio criativo brasileiro entrou aos 67, marcou golo três minutos depois numa jogada coletiva que passou por Brahimi e Marega, e assistiu o maliano, aos 73, sentenciando a partida antes de ter estado na expulsão do ‘capitão’ do Marítimo Danny, aos 82.

Antes, Portimonense e Belenenses empataram a uma bola, num jogo marcado por duas grandes penalidades que fizeram mexer o marcador, sendo que a equipa lisboeta conseguiu o empate aos 90+4.

O primeiro a marcar no Estádio Municipal de Portimão foi o colombiano Jackson Martínez, aos 66 minutos, assinando o primeiro tento desde que voltou a Portugal, depois de ter sido o melhor marcador da I Liga em 2012/13, 2013/14 e 2014/15, pelo FC Porto.

O golo retirou tranquilidade à formação de Silas, que podia ter sofrido o 2-0 em ocasiões claras, por Nakajima, Lucas Fernandes ou Tabata, mas a ineficácia ‘traiu’ os algarvios.

Em cima do apito final, um desvio com o braço de Ruben Fernandes levou ao penálti, convertido pelo brasileiro Jonatan Lucca.

Na classificação, as duas equipas mantiveram as suas posições e continuam igualadas, agora com 11 pontos, o Belenenses no 10.º lugar e o Portimonense no 11.º.

No domingo, o Sporting, quinto classificado com 16, visita o Santa Clara, sexto com 14, à procura de ultrapassar o rival lisboeta e chegar aos 19 pontos.

Pelas 20:00, o Sporting de Braga recebe o Vitória de Setúbal à procura de igualar os ‘dragões’ no topo da tabela, num dia em que o Feirense recebe o Tondela.

Na segunda-feira, o Rio Ave também pode ultrapassar as ‘águias’ se vencer na receção ao 17.º e penúltimo Nacional da Madeira, enquanto o Desportivo de Chaves recebe o lanterna-vermelha Desportivo das Aves.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.