LC

FC Porto a uma formalidade dos ‘oitavos’, Benfica com missão impossível em Munique

FC Porto a uma formalidade dos ‘oitavos’, Benfica com missão impossível em Munique

 

Lusa/Ao online   Futebol   25 de Nov de 2018, 20:16

O FC Porto procura dar o último passo rumo aos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, na receção ao Schalke 04, numa quinta jornada em que Benfica enfrenta uma missão, aparentemente, impossível: vencer em Munique.

O campeão nacional precisa apenas de empatar com os alemães para se apurar para a fase seguinte, mas até pode perder, se, horas antes, o Galatasaray não vencer fora o Lokomotiv Moscovo, podendo, inclusive, assegurar o primeiro lugar do Grupo D a uma ronda do fim, caso se imponha na quarta-feira.

O Schalke acompanhará o líder da I Liga portuguesa se vencer no Estádio do Dragão, independentemente do resultado do Galatasaray em Moscovo, mas, tal como os ‘dragões’, até pode perder e seguir para os ‘oitavos’ desde que os turcos não batam a equipa dos portugueses Manuel Fernandes e Éder, ainda sem qualquer ponto conquistado.

No dia anterior, o Benfica está obrigado a vencer no estádio do Bayern Munique para manter ‘ligada à máquina’ a continuidade na principal prova europeia de clubes, sendo que já poderá entrar no Allianz Arena com o terceiro posto e a Liga Europa garantidos, se, antes, o AEK perder na receção ao Ajax.

Os ‘encarnados’ também concretizar esse objetivo mínimo na terça-feira se conservarem pelo menos a atual vantagem de quatro pontos no Grupo E sobre o lanterna-vermelha AEK Atenas, ainda em ‘branco’ e já derrotado pelo Benfica na capital grega, por 3-2.

Ao Bayern basta um empate para cumprir a ‘obrigação’ de se qualificar, mas até pode garantir o primeiro lugar se vencer e o Ajax não o conseguir fazer em Atenas, onde nem uma derrota impedirá os holandeses de se apurarem se o Benfica não sair vencedor de Munique.

Paris Saint-Germain e Liverpool disputam o jogo grande da jornada, para o qual estão em dúvida Neymar e Mbappé, influentes avançados da equipa francesa, num agrupamento C muito equilibrado, que tem no Nápoles, do português Mário Rui, um terceiro candidato, um ponto atrás do duo de líderes.

O FC Barcelona, em que alinha o defesa português Nélson Semedo, foi o mais precoce a assegurar o apuramento para os oitavos de final, logo à quarta ronda da ‘poule’ B, deixando a outra vaga para Inter de Milão e Tottenham - que se defrontam em Londres -, com vantagem para a equipa do médio português João Mário.

A Juventus, com o contributo provável dos portugueses João Cancelo e Cristiano Ronaldo, também está em boa posição para ‘carimbar o passaporte’ no Grupo H, quando receber o Valência, de Rúben Vezo e Gonçalo Guedes, ajudando dessa forma o Manchester United, treinado por José Mourinho, a apurar-se também.

O Real Madrid, tricampeão em exercício e recordista de títulos, com 13 troféus, recebe a Roma com a perspetiva de vencer o Grupo G, caso se imponha na capital italiana, mas os anfitriões estão à distância de um empate do apuramento para a fase a eliminar.

O Manchester City, equipa na qual tem brilhado o português Bernardo Silva, termina no primeiro lugar do Grupo F se vencer em Lyon, que deverá ter Anthony Lopes como guarda-redes, mas os franceses também se qualificam com um triunfo, enquanto o Shakhtar Donetsk, treinado por Paulo Fonseca, procura deixar a última posição.

Na ‘poule’ A, o Atlético de Madrid e o Borussia Dortmund, onde alinham os portugueses Gelson Martins e Raphaël Guerreiro, respetivamente, estão em posição privilegiada para se apurarem para os oitavos de final, dos quais já está afastado o Mónaco, de Rony Lopes, último classificado.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.