Ex-secretário de Estado Laurentino Dias rejeita possibilidade de dívida do IDP

Ex-secretário de Estado Laurentino Dias rejeita possibilidade de dívida do IDP

 

Aonline/Lusa   Nacional   23 de Ago de 2011, 21:01

 O ex-secretário de Estado Laurentino Dias, que tutelava o Instituto do Desporto quando terão sido emitidas faturas não contabilizadas de 6,78 milhões de euros, recusou hoje a possibilidade de existência dessa dívida, denunciada no Parlamento pelo ministro Miguel Relvas

"Não admito nem aceito nem acredito que isso seja assim", afirmou Laurentino Dias, atual deputado do PS, no final da reunião da comissão parlamentar de Educação, Ciência e Cultura, onde foi conhecida a situação.

Segundo o ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, faturas não contabilizadas no valor de 6,78 milhões de euros foram "encontradas numa sala" do Instituto do Desporto de Portugal (IDP), adiantando que os documentos, emitidos entre 2004 e este ano, serão enviados para o Ministério Público e para o Tribunal de Contas para apurar eventuais ilícitos criminais.

O deputado Laurentino Dias disse que "deve haver algum mal-entendido" neste processo.

Por outro lado, o antigo governante criticou a atitude do ministro dos Assuntos Parlamentares, por Miguel Relvas ter levado este assunto à Assembleia da República sem antes ter procurado esclarecimentos junto da administração do IDP.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.