Ensino superior

Estudantes exigem mais apoio social

 Estudantes exigem mais apoio social

 

Lusa/AO Online   Nacional   17 de Nov de 2009, 05:19

Estudantes universitários de Norte a Sul do país concentram-se esta terça-feira, em Lisboa, para exigir o alargamento da Acção Social e mais investimento no Ensino Superior, nomeadamente o reforço da rede de cantinas e do alojamento.
A iniciativa "Juntos pelo Ensino Superior" envolve associações de Coimbra, Aveiro, Évora, Lisboa, Minho e Trás-os-Montes e Alto Douro.

Os estudantes concentram-se na Alameda da Cidade Universitária e depois marcham até ao Palácio das Laranjeiras, sede do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Dizem que não existe "estado de graça" para este ministério, já que o ministro, Mariano Gago, é "um recordista" no tempo de permanência no Governo.

Os universitários querem elevar o tecto para a bolsa máxima e ver abrangidos alunos que estão fora do sistema.

Outra reivindicação é um maior investimento em cantinas e alojamento.

A iniciativa envolve a Associação Académica de Coimbra, a Associação Académica da Universidade de Aveiro, a Associação Académica da Universidade de Évora, a Associação Académica da Universidade de Lisboa, a Associação Académica da Universidade do Minho, a Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, a Associação dos Estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e a Associação dos Estudantes do Instituto Superior Técnico.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.