Duas pessoas encontradas mortas com ferimentos de arma de fogo em Lagoa


 

Lusa/Ao online   Nacional   5 de Jan de 2019, 21:04

Duas pessoas foram encontradas mortas ao início da tarde deste sábado, com ferimentos de uma arma de fogo, na casa que habitavam na cidade de Lagoa (Algarve), disse à Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

De acordo com a fonte, as vítimas, um homem e uma mulher, ambos com cerca de 50 anos, apresentavam ferimentos provocados por uma arma de fogo, desconhecendo-se as circunstâncias em que ocorreu o incidente.

A mesma fonte avançou que no local “foi encontrada uma arma de fogo”, acrescentando que a investigação passou para a competência da Polícia Judiciária (PJ).

Por seu turno, fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro disse à Lusa que aquele organismo recebeu por volta das 12:03, via 112, “um pedido para a abertura de porta de uma casa em Lagoa, tendo os bombeiros encontrado as duas pessoas, com idades entre 50 e 60 anos, no interior da habitação, já sem vida e com ferimentos provocados por uma arma de fogo”.

Nas operações estão envolvidos 19 operacionais dos bombeiros de Lagoa, do Instituto Nacional de Emergência Médica, GNR, PJ e Proteção Civil Municipal, apoiados por oito veículos.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.