Dormidas nos Açores aumentam quase 3 por cento


 

Lusa / AO online   Regional   12 de Out de 2007, 12:07

Os estabelecimentos hoteleiros dos Açores registaram um total de 859 mil dormidas nos primeiros oito meses do ano, o que representa mais 2,9 por cento do que no mesmo período de 2006.
    Dados do Serviço Regional de Estatística dos Açores(SREA) hoje divulgados indicam os hotéis, apartamentos turísticos, pousadas, pensões e estalagens obtiveram, no mesmo período, uma taxa líquida de ocupação por cama de 43,2 por cento.

    O SREA avança que, de Janeiro a Agosto, os proveitos das unidades hoteleiras das ilhas atingiram os 39,5 milhões de euros, mais 3,3 por cento do que em 2006.

    Neste período, o rendimento médio por quarto (revenue per available room) situou-se nos 29,1 euros, um valor superior em 6,5 por cento ao registado nos primeiros oito meses do ano anterior.

    Por ilhas, Santa Maria (34,3 por cento), Terceira (16,7) e São Miguel (1,3) foram as que apresentaram maiores aumentos homólogos no número de dormidas, enquanto que as Flores e a Graciosa registaram reduções acumuladas de 23,7 e de 7,7 por cento.

    Segundo o SREA, a ilha de São Miguel concentrou 70,4 por cento das dormidas totais, seguindo-se a Terceira, com 13,2 por cento, e o Faial, com 08 por cento.

    De Janeiro a Agosto, os residentes em Portugal foram responsáveis por cerca de 385 mil dormidas no arquipélago, enquanto que os estrangeiros, com destaque para os nórdicos, completaram as restantes 474 mil.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.