Açoriano Oriental
Dívida seria de 66% do PIB em 2013 com crescimento ao nível europeu
O economista Daniel Traça afirmou que se Portugal tivesse crescido ao nível da média europeia entre 2000 e 2010 a dívida pública teria ficado pelos 66% do PIB em 2013, alertando para a necessidade de alavancar o crescimento económico.
article.title

Foto: EPA/FRANCK ROBICHON
Autor: Lusa/AO online

 

“Os números mostram que a nível da dívida, na altura da intervenção [2011] estávamos a 102%, mas estaríamos a 61% do PIB. Hoje [final de 2013] estamos a 123% e estaríamos a 66%. É isto que significa crescer”, afirmou o professor da Universidade Nova de Lisboa, num seminário sobre ‘A necessidade de um crescimento robusto para o pós-troika’, que decorre esta tarde em Lisboa.

Para chegar a esta conclusão, Daniel Traça simulou um crescimento médio da economia portuguesa de 2,3% entre 2000 e 2010, ou seja, semelhante à média da Europa a 22 naquele período, quando na década passada, Portugal cresceu apenas 0,71%.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.