Discussão Pública do Programa de Ordenamento Turístico dos Açores arranca a 22 de janeiro

Discussão Pública do Programa de Ordenamento Turístico dos Açores arranca a 22 de janeiro

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   14 de Jan de 2019, 18:15

A secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo afirmou, esta segunda-feira, que a discussão pública da proposta de revisão do Programa de Ordenamento Turístico da Região Autónoma dos Açores (POTRAA) vai decorrer entre 22 de janeiro e 22 de março, com sessões públicas de esclarecimento em todas as ilhas, apelando à participação de todos os cidadãos.

Citada em nota do Gacs, Marta Guerreiro, disse que “todos têm consciência daquilo que o turismo tem proporcionado na Região”, seja pela grande dinâmica económica gerada, seja pelas novas oportunidades de emprego nas áreas direta ou indiretamente relacionadas, que beneficiam desta pujança, ou mesmo pela revitalização dos núcleos urbanos, pelo que “são necessários instrumentos de planeamento rigorosos que garantam que os investimentos que são feitos se encontram em respeito pela nossa identidade e, simultaneamente, conseguem conciliar os interesses do desenvolvimento económico com as questões sociais e ambientais”, garantindo “o aumento da qualidade de vida” de todos os Açorianos.


A primeira sessão pública de esclarecimento terá lugar nas Flores, a 4 de fevereiro, no Auditório Municipal de Santa Cruz, seguindo-se a ilha Terceira, no dia seguinte, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luis da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo, e a ilha de São Miguel, a 11 de fevereiro, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, sempre com início pelas 18 horas.


A 12 de fevereiro, pelas 21 horas, a sessão decorrerá no Faial, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça, na Horta, enquanto no dia seguinte, pelas 18 horas, terá lugar no Pico, no Auditório Municipal da Madalena, e, a 21 de fevereiro, pelas 21 horas, em Santa Maria, na Biblioteca Municipal de Vila do Porto.


A 25 e 26 de fevereiro, pelas 18 horas as sessões realizam-se no Multiusos da Graciosa, em Santa Cruz, e na Escola Básica e Secundária das Velas, em São Jorge, respetivamente, culminando a 13 de março, pelas 20 horas com uma sessão no Centro de Convívio da Santa Casa da Misericórdia do Corvo.


A proposta de POTRAA que entrará em discussão pública tem como visão estratégica a consolidação dos Açores como um destino turístico autêntico e íntegro, assente nos seus recursos e valores patrimoniais, de natureza cultural, natural e paisagística, únicos e que identificam cada ilha, e a região no seu todo, gerido segundo um modelo ordenado, sustentável, seguro e competitivo, que articula e coordena políticas públicas e assegura a participação dos diferentes intervenientes, permitindo que se superem as expetativas daqueles que visitam o arquipélago.



A revisão do POTRAA foi determinada pela Resolução do Conselho do Governo n.º 101/2015, de 15 de julho, alterada e republicada pela Resolução n.º 74/2017, de 7 de agosto, tendo o processo de elaboração sido acompanhado por uma comissão consultiva, composta por entidades representativas e com interesse no setor, pela Associação de Municípios da Região e por departamentos do Governo Regional.


Os documentos relativos à proposta de revisão do POTRAA e respetivo Relatório Ambiental encontram-se disponíveis para consulta na Direção Regional do Turismo, na Horta, nas Delegações de Turismo das ilhas de São Miguel e Terceira, e nos Postos de Turismo das restantes ilhas.


A consulta dos documentos e participação dos interessados pode ainda ocorrer online, através do endereço eletrónico https://potraa.quaternaire.pt.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.