Relações internacionais

Diferença horária entre Lisboa e Moscovo vai aumentar para quatro horas

Diferença horária entre Lisboa e Moscovo vai aumentar para quatro horas

 

Lusa/AO online   Internacional   29 de Out de 2011, 21:37

A diferença horária entre as capitais portuguesa e russa irá aumentar de três para quatro horas, devido ao facto de a Rússia não tencionar atrasar em uma hora os seus relógios, este domingo.

Por decisão do Presidente Dmitri Medvedev, os russos, a partir deste ano, passarão a ter a mesma hora ao longo de todo o ano, pondo fim à tradicional hora de Inverno em vigor nas últimas três décadas. O dirigente russo justificou a medida com base num relatório, publicado pela Academia de Medicina da Rússia, que revelou dados preocupantes: quando a hora muda no Inverno, o número de ataques cardíacos aumenta 1,5 vezes, e a taxa de suicídios cresce 66 por cento. O Kremlin também apresentou cálculos que mostram que as horas de luz natural no país vão aumentar entre 7% a 17% e que isso poderá significar uma maior poupança de energia elétrica. A maioria de russos apoia a supressão do horário de Inverno. Mas algumas empresas temem prejuízos por aumentar a diferença horária com os seus parceiros comerciais na Europa, onde os relógios vão recuar uma hora.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.