Dia Mundial do Acidente Cerebral assinala-se hoje


 

Lusa/AO On line   Nacional   29 de Out de 2010, 06:47

O Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC), a principal causa de morte em Portugal e responsável pelo internamento de mais de 27 mil doentes por ano, assinala-se hoje, com um alerta para a prevenção.

De acordo com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia, a cada hora morrem dois portugueses vítimas de AVC, que é responsável pelo internamento de mais de 27 mil doentes por ano, sendo que cerca de 15 por cento destes morrem durante o internamento.

Em cada dez AVC, nove “devem-se a um ou mais fatores de risco sobre os quais se poderia ter intervindo para anular o risco” de ocorrência.

A Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) aponta como fatores de risco a hipertensão arterial, o sedentarismo, a obesidade, o excesso de colesterol, o fumo de tabaco, os erros alimentares, a diabetes, o stress psico-social, o consumo de álcool e algumas doenças do coração.

Para evitar um AVC, a SPC aconselha as pessoas a conhecerem os seus fatores de risco (medir a pressão arterial, o colesterol e a glicemia e verificar o ritmo cardíaco), a fazerem exercício físico, a comerem de forma saudável, a limitarem o consumo de álcool e a não fumarem.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.