Governo

Dez novos secretários de Estado no executivo liderado por António Costa

Dez novos secretários de Estado no executivo liderado por António Costa

 

Lusa/AO Online   Nacional   16 de Out de 2018, 10:09

Dez novos secretários de Estado vão tomar posse na quarta-feira no âmbito da remodelação iniciada no domingo em cinco ministérios no Governo socialista liderado por António Costa, e cinco serão reconduzidos.

De acordo com nota publicada no portal da Presidência da República, entram para o Governo como novos secretários de Estado Luís Goes Pinheiro (Adjunto e da Modernização Administrativa), Ana Pinto (Defesa), João Correia Neves (Economia), João Torres (Defesa do Consumidor), João Paulo Catarino (Valorização do Interior), Ângela Ferreira (Cultura), João Sobrinho Teixeira (Ciência, Tecnologia e Ensino Superior), Francisco Ventura Ramos (Adjunto e da Saúde), Raquel Bessa de Melo (Saúde) e João Galamba (Energia).

Serão reconduzidos os secretários de Estado Ana Mendes Godinho (Turismo), José Mendes (passa de Adjunto e do Ambiente para Adjunto e da Mobilidade), Carlos Martins (Ambiente), Célia Ramos (Ordenamento do Território e Conservação da Natureza) e Ana Pinho (Habitação).

Oito até agora secretários de Estado abandonam o Governo nesta remodelação: Marcos Perestrello (Defesa), Miguel Honrado (Cultura), Paulo Ferreira (Adjunto e do Comércio), Ana Teresa Lehmann (Indústria), Jorge Seguro Sanches (Energia), Fernando Araújo (Adjunto e da Saúde), Rosa Matos Zorrinho (Saúde) e Maria Fernanda Rollo (Ciência, Tecnologia e Ensino Superior).

Nesta remodelação iniciada na segunda-feira e agora estendida a mais dois ministérios, num total de sete, a anterior titular da Secretaria de Estado da Presidência e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, passou a desempenhar o cargo de ministra da Cultura.

Com a saída de Graça Fonseca., foi proposto para o cargo de secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa, Luís Goes Pinheiro, numa pasta tutelada pela ministra Maria Manuel Leitão Marques.

O novo secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa, que será empossado no cargo na quarta-feira, esteve ligado ao desenvolvimento do Programa "Simplex", em medidas como "Empresa na hora" e Documento Único Automóvel.

Luís Goes Pinheiro é licenciado em direito, tem uma pós-graduação em Direito Penal Económico e Europeu pela Universidade de Coimbra e exerceu até agora as funções de secretário-geral adjunto na Administração Interna, tendo a seu cargo a gestão do processo eleitoral.

De acordo com dados curriculares fornecidos pelo Governo, Luís Goes Pinheiro acompanhou "de perto o desenvolvimento e implementação do Programa Simplex , durante os governos de José Sócrates, designadamente medidas como "Empresa na Hora", o Documento Único Automóvel e a "Casa Pronta".

Luís Goes Pinheiro, acrescenta a nota do Governo, "tem trabalhos publicados nas áreas do processo civil, direito comercial, direito penal, registos e notariado, simplificação administrativa e justiça eletrónica".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.