Deputados do PS/Açores valorizam investimentos em acessibilidades na Terceira

Deputados do PS/Açores valorizam investimentos em acessibilidades na Terceira

 

Lusa/AO Online   Regional   30 de Jan de 2019, 19:30

O grupo parlamentar do PS/Açores destacou, esta quarta-feira, os investimentos na ilha Terceira ao nível da melhoria das acessibilidades aéreas, terrestres e marítimas, frisando que "não se trata de fazer loas" ao Governo dos Açores, mas "acompanhamento construtivo".

Numa conferência para balanço das jornadas parlamentares que decorreram na Terceira, dedicadas ao tema das acessibilidades, o deputado Francisco Coelho, em declarações aos jornalistas, vincou que o grupo parlamentar do PS/Açores na Assembleia Legislativa Regional tem “um acompanhamento permanente, por vezes crítico, embora construtivo”, junto do Governo Regional socialista.

“É importante que a oposição faça o seu trabalho, faça a sua crítica, chame a atenção para o que está feito, mas sobretudo para o que não está feito. Nós, também, acompanhando isso, chamamos a atenção para o que se vai fazer”, sustentou.

Sobre o tema acessibilidades, o deputado destacou o projeto que está a ser elaborado para o Porto de Pipas, assim como a ampliação de um dos cais.

Na Praia da Vitória, os parlamentares socialistas açorianos sublinham os projetos em curso para aquele porto, nomeadamente em termos de equipamentos e de melhorias das instalações, estando previstas "para este ano obras no valor de dez milhões de euros".

Os deputados do PS/Açores elencaram ainda investimentos na Terceira ao nível das vias terrestres.

Quanto aos transportes aéreos, Francisco Coelho sublinhou o início da obra do novo terminal de cargas, que "possibilitará maior fluidez, acesso e eficiência ao nível das cargas movimentadas" naquele aeroporto, com impactos "na economia da ilha Terceira", salientando as vantagens de ter uma pista certificada e autorizada pelo Estado também para uso civil.

Os deputados socialistas frisaram ainda a "utilidade estratégica" do projeto Terceira Tech Island, que consiste na criação de um ‘hub’ tecnológico na Praia da Vitoria na área da programação e produção de 'software' para prestação de serviços, criado pela identificação da existência de necessidades do mercado global no âmbito das TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação) e da oportunidade de instalar novas atividades económicas que substituíssem as derivadas da Base das Lajes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.