Açoriano Oriental
David Cameron defende no parlamento bombardeamentos contra grupo Estado Islâmico
O primeiro-ministro britânico, David Cameron, defendeu a necessidade de bombardear as posições do grupo extremista Estado Islâmico na Síria durante a abertura do debate parlamentar sobre a realização de ataques aéreos.
article.title

Foto: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA
Autor: Lusa/AO online

 

Na Câmara dos Comuns, Cameron reconheceu a complexidade da situação síria mas insistiu que o Reino Unido enfrenta uma ameaça que se relaciona com a segurança nacional provocada pelo crescimento da organização extremista.

Os deputados britânicos devem debater durante as próximas dez horas o envolvimento do Reino Unido nas operações aéreas contra o Estado Islâmico na Síria, antes de procederem à votação que previsivelmente vai decorrer por volta das 22:00.

O eventual envolvimento da Royal Air Force nas operações de bombardeamento tem sido contestado pelo líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbin, que avisou que a população civil vai ser atingida pelos ataques aéreos.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.