Curso em versão e-learning estreia na UAc


 

Pedro Nunes Lagarto   Regional   3 de Nov de 2007, 10:47

O Curso de Competências Pedagógicas e Didácticas em E-learning e NTIC estreia-se na Universidade dos Açores no próximo dia 6 de Novembro, pelas 09h00, no anfiteatro B do campus de Ponta Delgada.
O curso funciona como pós graduação e de especialização na área da pedagogia, podendo servir de elemento de transição para curso de mestrado ou doutoramento.
A equipa docente assume o formato multidisciplinar e integra membros de várias universidades e institutos: Instituto Graal de Portugal; Universidade da Extremadura em Espanha, Universidade de Innsbruck na Áustria; Universidade de Lulea na Suécia.
Com a oferta a Universidade dos Açores espera responder a um dos maiores desafios que se lhe coloca e que resulta da sua dispersão por três ilhas separadas por grandes extensões oceânicas.
Para além das dificuldades de deslocação física das pessoas, a tripolaridade gera dificuldades na captação de estudantes, que preferem deslocar-se para o continente em vez de o fazer para a ilha em que o curso que pretendem frequentar é leccionado.
Como reconhece a academia açoriana, as tentativas de formação deslocalizada até agora efectuadas têm-se revelado muito dispendiosas, pelos custos associados às necessárias viagens dos docentes. “Nos últimos anos, todavia, o desenvolvimento de tecnologias multimédia online e dos meios de comunicação ajustados à área da educação, vieram proporcionar um conjunto de novas tecnologias, tanto para o ensino a distância como para a própria sala de aula, que podem transformar esta realidade”, refere a academia em comunicado enviado aos jornais.
Assim, o projecto “Universidade Digital”, financiado pela Direcção Regional da Ciência e Tecnologia , dotou a Universidade dos Açores dos meios tecnológicos que permitem encarar o desenvolvimento de um ensino cada vez mais apoiado em novas metodologias, quer pela disponibilização de computadores adequados a todos os docentes, quer pela infra-estrutura tecnológica que os suporta, quer ainda pela instalação de sistemas de gestão da aprendizagem e respectiva complementação com modernos sistemas de videoconferência.
“É possível, pois, encarar a adaptação da oferta de ensino universitária a uma realidade tripolar, através do incremento do ensino à distância, reduzindo a componente de ensino presencial exclusivamente aos conteúdos laboratoriais ou práticos que o requeiram absolutamente”, acrescenta o comunicado.
Tal significa que a partir de agora pode oferecer-se o mesmo curso em vários pólos em simultâneo, potenciando a fixação dos estudantes.
A preparação de cursos em regime de e-learning integral é o passo seguinte na academia açoriana.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.