CTT investem 4,5 milhões de euros na modernização da frota automóvel


 

Lusa / AO online   Economia   6 de Nov de 2007, 10:45

Os CTT - Correios de Portugal vão investir 4,5 milhões de euros na modernização da sua frota automóvel, para diminuir a idade média dos veículos e garantir melhores níveis de eficiência energética, disse à agência Lusa fonte da empresa.
Este é um dos investimentos que será apresentado pela empresa liderada por Luís Nazaré, por ocasião da assinatura do Compromisso pela Biodiversidade, que será assinado entre os CTT e o Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB), inserido na iniciativa Business & Biodiversity promovida pela Presidência da União Europeia.

No caso da frota automóvel, os CTT operam com 3.600 veículos, com uma idade média de 3,1 anos, pretendendo-se que esta seja reduzida para 2,3 anos no início de 2008.

Segundo a empresa, o investimento feito este ano já permitiu reduzir o consumo médio de combustíveis, que traduz o nível de eficiência energética da frota automóvel, para 9,15 litros/100 km, nos novos primeiros meses do ano, contra 9,65 litros/100km em 2006 em igual período de 2006.

"Em resultado deste esforço, em 2006 observou-se uma quebra do volume de emissões directas de Gases produtores de Efeitos Estufa na ordem dos 10 por cento", o que ficou a dever-se ao esforço de renovação da frota própria, às acções de formação e à optimização de rotas, refere fonte da empresa.

Anualmente, os carros detidos pelos CTT fazem 63 milhões de quilómetros, o que representa cerca de 160 viagens da Terra à Lua.

Os CTT têm, também, em curso projectos de remodelação integral dos sistemas de climatização dos dois maiores edifícios industriais da empresa, em Cabo Ruivo e Devesas (Gaia), avaliados em cerca de 1,5 milhões de euros.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.