Ambiente

Cria de golfinho recém-nascida detectada a sul do Pico

Cria de golfinho recém-nascida detectada a sul do Pico

 

Lusa / AO online   Regional   21 de Jul de 2010, 15:53

O Governo Regional dos Açores anunciou esta quarta-feira a presença de uma cria recém-nascida de golfinho da espécie ‘Grampus griseus’, a sul do Pico, alertando as empresas de observação de cetáceos para a necessidade de não se aproximarem demasiado.
A Secretaria Regional do Ambiente e do Mar recorda que é desaconselhada qualquer aproximação a esta ou qualquer cria e é totalmente interdita a natação com elas.

“Não é a primeira vez que registamos um acontecimento deste género, mas devemos criar as condições para que esta e outras crias tenham sucesso e que as nossas águas sejam escolhidas para mais destes felizes eventos”, refere o director regional do Ambiente, Frederico Cardigos, citado numa nota divulgada esta quarta-feira.

Para este responsável, “é um verdadeiro privilégio que (os golfinhos) escolham as ilhas dos Açores para se reproduzirem”.

A cria recém-nascida é de uma espécie localmente conhecida como ‘Golfinho de Risso’, facilmente reconhecidos pela despigmentação generalizada que vão ganhando ao longo da vida e pela presença de cicatrizes brancas que apresentam sobre uma pele acinzentada.

Estes golfinhos, que se tornam cada vez mais brancos com a idade, são vistos frequentemente em grupos com outros golfinhos e baleias-piloto.

É uma espécie que pode permanecer em baixo de água durante mais de 30 minutos, mas o mais comum é mergulharem durante um ou dois minutos e voltarem para respirar durante 15 a 20 segundos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.