Açoriano Oriental
Covid-19: Lisboa e Vale do Tejo tem 85% das novas infeções, diz DGS

A região de Lisboa e Vale do Tejo é responsável por 85% dos novos casos de covid-19 divulgados este domingo pela Direção-Geral da Saúde (DGS), albergando 391 das 457 pessoas infetadas nas últimas 24 horas.

Covid-19: Lisboa e Vale do Tejo tem 85% das novas infeções, diz DGS

Autor: AO Online/ Lusa

A percentagem de novos casos situados em Lisboa e Vale do Tejo aumentou em relação a sábado, dia em que a região apresentava 79% dos novos casos de covid-19, ou seja, 255 das 323 novas infeções daquele dia.

Os concelhos de Lisboa com maior número de casos de infeções são Lisboa, com 3.423 doentes, e Sintra, com 2.564.

Outros três concelhos da Área Metropolitana de Lisboa registam um número de infetados com o novo coronavírus superior a mil: Loures, com 1.791, Amadora, com 1.645, e Odivelas, com 1.084.

No total, estes cinco concelhos contabilizam 10.507 dos casos confirmados de infeção, mais de metade do total da região de Lisboa e Vale do Tejo, onde o número totaliza 18.752.

Relativamente ao total do país, a região de Lisboa e Vale do Tejo tem quase metade dos casos (45%), sendo que Portugal soma 41.646 infetados confirmados, segundo o boletim epidemiológico hoje divulgado.

A região Norte do país não está, no entanto, muito longe desta percentagem.

Com 17.476 casos confirmados de covid-19, o Norte alberga 42% do total de infetados no país, ficando estas duas regiões (LVT e Norte) muito longe da terceira zona mais infetada, o Centro, onde estão 9,8% (4.094 pessoas) do total de doentes.

Entre o Alentejo e o Algarve situam-se 2,5% dos infetados, enquanto as ilhas albergam 0,5% dos doentes confirmados.

De acordo com o boletim da situação epidemiológica em Portugal divulgado hoje pela DGS, na região do Norte foram reportadas 31 das novas infeções diárias (6,7% dos casos), no Centro 14 novos casos (3%) e no Algarve mais 17 (3,7%).

No Alentejo registaram-se quatro novos casos (0,8% do total).

Nem Região Autónoma dos Açores nem a da Madeira reportou novos casos nas últimas 24 horas.

Das três mortes registadas hoje, duas aconteceram na região de Lisboa e Vale do Tejo e uma no Alentejo.

No Norte, os concelhos com mais casos acumulados são Vila Nova de Gaia, com 1.640, seguindo-se o Porto, com 1.414 infetados, e Matosinhos, com 1.292.

Na lista segue-se Braga, com um total de 1.256 casos confirmados, e depois Gondomar, com 1.093 doentes.

A DGS realça que os números apresentados se referem ao total de notificações médicas no sistema SINAVE (excluindo notificações laboratoriais), pelo que podem não corresponder à totalidade dos casos por concelho.

Portugal registou hoje mais três mortes causadas pela covid-19 do que no sábado, com este número a atingir um total de 1.564 pessoas, e mais 457 infetados, o que eleva o número total para 41.646.

Em comparação com os dados de sábado, constatou-se hoje um aumento de óbitos de 0,2%, enquanto a evolução dos casos de infeção mostrou um crescimento de 1,1%.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 498 mil mortos e infetou mais de 10 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.