Costa assistido na sexta-feira à noite no hospital por dores musculares


 

AO Online/ Lusa   Nacional   28 de Set de 2019, 12:15

O secretário-geral do PS foi assistido na sexta-feira à noite, no Hospital de Viana do Castelo, para tratamento de dores musculares nas costas, razão que levou os socialistas a cancelarem a arruada desta manhã em Braga.

Fonte socialista adiantou à agência Lusa que, "por recomendação médica, durante o dia de hoje, António Costa evitará ações de rua que requerem maior esforço físico", tal como era o caso da arruada no centro da cidade de Braga.

O PS, para já, mantém parte programa de campanha de hoje: Um almoço em Famalicão e o comício da noite em Guimarães, durante o qual está previsto que também discurse o presidente dos socialistas, Carlos César.

Além da arruada no centro histórico de Braga, o secretário-geral do PS poderá também não se deslocar a Cabeceira de Bastos, onde, pelas 16:30, tinha previsto uma visita às festas de São Miguel.

Na sexta-feira à noite, António Costa acabou em notórias dificuldades físicas o comício do PS que se realizou na Praça da República em Viana do Castelo.

Segundo fonte socialista, as dores musculares têm afetado o secretário-geral do PS nas últimas semanas e o tratamento tem sido mais complicado por neste período ter de acumular as suas funções de primeiro-ministro com a campanha para as eleições legislativas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.