Dia 30 de agosto

Cordão Humano para travar a sobre-exploração dos recursos marinhos dos Açores.

Cordão Humano para travar a sobre-exploração dos recursos marinhos dos Açores.

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   9 de Ago de 2019, 17:16

No dia 30 de agosto, a partir das 19 horas, jovens estudantes e vários operadores marítimo-turísticos, irão concentrar-se nas Portas do Mar para formar um cordão humano, ao longo do passeio marítimo daquela zona, por forma a simbolizar a ação conjunta como travão à sobre-exploração dos recursos marinhos dos Açores.

No dia 30 de agosto, a partir das 19 horas, jovens estudantes e vários operadores marítimo-turísticos, irão concentrar-se nas Portas do Mar para formar um cordão humano, ao longo do passeio marítimo daquela zona, por forma a simbolizar a ação conjunta como travão à sobre-exploração dos recursos marinhos dos Açores.


De acordo com nota, este movimento reivindica que se “dê prioridade à resolução da crise climática, lembrando que a proteção dos recursos dos Oceanos é fundamental para o abrandamento dos efeitos das alterações climáticas”.


“O desafio do combate às alterações climáticas é um desafio à escala global; não obstante, é necessário atuar localmente na adaptação e mitigação destes efeitos nos recursos marinhos naturais dos Açores, garantido a sua resiliência no futuro, numa perspetiva de uso e gestão sustentáveis não só ambientalmente, mas também socialmente e economicamente”, lê-se na nota.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.