Convite de César para jantar provoca surpresa no PSD

Convite de César para jantar provoca surpresa no PSD

 

Olímpia Granada   Regional   23 de Out de 2009, 08:30

Os sete presidentes de câmara eleitos pelo Partido Social Democrata nos Açores, receberam um convite da Presidência do Governo Regional dos Açores para um jantar no próximo dia 4 de Novembro, no Palácio da Conceição, em Ponta Delgada.

A iniciativa que, ao que apurou o AO, é inédita, desde que Carlos César assumiu pela primeira vez as funções de chefe do Executivo açoriano, deixou os autarcas surpreendidos.

Mas provocou também desconforto, uma vez que o ofício - a que o nosso jornal teve acesso - referia especificamente que se tratava de um jantar apenas com autarcas eleitos pelo PSD. Isto em nome de "uma boa colaboração entre a administração regional e a local", conforme justifica o presidente do Governo no convite.

"Porque não então com todos os autarcas eleitos, independentemente do partido pelo qual foram eleitos?", questionou uma das nossas fontes.

De acordo com a Presidência do Governo, o convite também foi endereçado aos presidentes de câmara eleitos pelo Partido Socialista. Só que vai ter lugar em separado.

Carlos César e o vice-presidente do Executivo, Sérgio Ávila, têm um jantar agendado com os autarcas socialistas eleitos a 11 de Outubro último. De acordo com outra fonte contactada pelo nosso jornal, o jantar com os presidentes de câmara socialistas acontecerá já este sábado.

A escolha da data poderá ter a ver com vantagens logísticas, uma vez que também está agendada para esse dia em Ponta Delgada uma reunião do Secretariado Regional do PS para análise da actual situação política e para marcação das eleições directas e do congresso do PS/Açores.

Nessa reunião, e conforme foi anunciado pelo próprio Partido Socialista em comunicado, também deverá ser escolhido o nome dos autarcas que o PS quer ver à frente das associações de municípios dos Açores e de São Miguel.

Isto porque, na sequência dos resultados das eleições autárquicas, o mapa municipal ficou maioritariamente rosa.

Apesar de, formalmente, esta ser uma escolha (votação) que deve ser feita entre pares, ou seja pelos próprios autarcas em assembleias que terão lugar em meados do próximo mês.

Ainda assim, outro autarca social democrata diz achar que "é no mínimo estranho que sejam só autarcas do PSD a jantar com o presidente do Governo" e que Carlos César não devia "distinguir", fazendo um jantar com "uns por um lado e outros por outro". "Vamos ver", foi-nos dito.

||

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.