Comoção dos adeptos em Leicester perante ausência de informações


 

Lusa/Ao online   Internacional   28 de Out de 2018, 21:02

Os adeptos do Leicester depositaram este domingo flores e camisolas de futebol no Estádio King Power, após a queda do helicóptero do presidente do clube inglês, o tailandês Vichai Srivaddhanaprabha, sem que haja informações oficiais sobre o acidente.

Com a voz embargada e os olhos lacrimejantes, Kanti Patel assumiu, em declarações à agência noticiosa AFP, não ter dormido, porque Vichai Srivaddhanaprabha significa muito para si.

“Eu penso que há muitos adeptos do Leicester no mundo – não apenas na cidade – que estão devastados”, comentou também Steve Walton, um outro adepto do clube.

Vichai Srivaddhanaprabha ganhou popularidade no mundo do futebol, ao elevar o estatuto do Leicester de um clube da segunda divisão a campeão inglês, em 2015/16.

Dezenas de ramos de flores, uma foto de uma raposa – o símbolo do clube –, lenços azuis e brancos e uma representação do deus hindu Ganesh estavam entre os objetos depositados nas imediações do estádio, onde se despenhou o helicóptero, no sábado.

Além das inúmeras mensagens de apoio às vítimas, várias homenagens ocorreram durante os jogos da Liga inglesa disputados durante o dia de hoje, já depois de o Leicester ter anunciado o adiamento de um jogo do campeonato feminino, que teria lugar no King Power.

As informações oficiais sobre o acidente cingem-se às divulgadas no sábado, quando o clube revelou estar a colaborar com as autoridades e os serviços de emergência, após a polícia de Leicestershire ter confirmado a queda de um helicóptero, uma hora depois do empate 1-1 no jogo entre Leicester e West Ham.

Num comunicado, divulgado hoje de madrugada na sua conta oficial no Twitter, a Polícia de Leicestershire informou que várias autoridades estão a investigar as circunstâncias deste incidente.

“Estas investigações devem continuar nos próximos dias”, acrescentou a Polícia, sem oferecer detalhes sobre os ocupantes do aparelho.

A Polícia de Leicestershire salientou ainda compreender "que existe um interesse público e mediático considerável”, porque o incidente junto ao estádio teve “um grande impacto sobre muita gente”.

"Apelamos a que se tenha paciência, compreensão e que se evite especular sobre os detalhes e as circunstâncias", acrescentou, assegurando que irá dar pormenores acerca do incidente “logo que for possível”.

Vichai Srivaddhanaprabha habitualmente abandonava o recinto no seu helicóptero, que descolou no centro do relvado, mas a identidade do piloto e dos passageiros ainda não foi confirmada.

Um dos filhos de Vichai, Aiyawatt, é vice-presidente do clube e um outro, Apichet, é o diretor executivo.

Os internacionais portugueses Adrien Silva e Ricardo Pereira alinham no Leicester.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.