Comissão de protecção de Crianças e Jovens em risco avalia parcerias


 

Lusa/AO On line   Nacional   5 de Nov de 2010, 09:02

A Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco (CNPCJR) está a trabalhar em parceria com os responsáveis do Programa Escolhas para garantir que os menores em perigo são mais rapidamente identificados e apoiados.

“A ideia é que haja uma articulação concreta (entre as duas entidades) no sentido de se conseguir mais eficácia na deteção de situações de jovens em risco”, explicou à Lusa o presidente da CNPCJR, Armando Leandro.

Para isso, a comissão e responsáveis do Programa Escolhas do Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACIDI) assinam hoje um protocolo de cooperação, que visa a “partilha de conhecimentos e de formação entre os técnicos”.

“Esta parceria é muito importante porque vai permitir uma troca de experiências que são muito úteis para atuar não só na prevenção mas também na reparação de situações que envolvam jovens em situações especiais”, concluiu.

Na prática, esta “partilha” vai fazer-se através de encontros, workshops e ações de formação destinadas aos técnicos das duas organizações.

Hoje, além da assinatura de protocolo vai realizar-se também em Lisboa um debate intitulado: “Ao encontro da prevenção – inspirar a ação a partir de boas práticas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.