Afeganistão

Chefe dos talibãs recusa novamente negociações


 

Lusa / AO online   Internacional   25 de Nov de 2009, 16:52

O chefe supremo dos talibãs, mullah Mohammad Omar, recusou novamente qualquer negociação com as autoridades afegãs, proposta pelo Presidente Hamid Karzai, numa mensagem publicada esta quarta-feira.
Karzai tinha apelado novamente aos talibãs para que se juntassem ao processo político, no discurso de investidura para um novo mandato de cinco anos, na passada quinta-feira, prometendo a realização de uma assembleia tribal tradicional para trazer a paz ao país.

«Os invasores não querem negociações destinadas a garantir a independência do Afeganistão e o fim da sua invasão, mas apenas prolongar a sua ocupação diabólica», afirmou o mullah Omar, autoproclamado «comandante dos crentes» e chefe do «Emirado islâmico no Afeganistão», na mensagem difundida pelos talibãs num comunicado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.