CDS/PP defende "medidas concretas e úteis" face à crise

CDS/PP defende "medidas concretas e úteis" face à crise

 

Lusa / AO online   Regional   20 de Nov de 2011, 11:55

O presidente do grupo parlamentar do CDS/PP nos Açores defendeu hoje a necessidade de o Governo Regional privilegiar "medidas concretas e úteis" que possam "mitigar a quebra de rendimento das famílias" e apoiar os pequenos e médios produtores e empresas.

“Compreendemos que o Plano tem menos verbas que outros anteriores mas a diferença deve-se marcar pela utilidade e projetos e investimentos que tragam mais valia e que, numa altura de crise, impulsionem o apoio às pequenas e médias empresas, produtores, e famílias”, sustentou Artur Lima, que é também líder do CDS/PP nos Açores, em declarações à Lusa.

O presidente do grupo parlamentar do CDS/PP na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores falava após uma visita à feira do gado de Angra do Heroísmo, ilha Terceira, no âmbito das jornadas parlamentares dedicadas à análise das propostas governamentais de Plano Anual Regional e Orçamento para 2012, que serão discutidas e votadas no final do mês.

Artur Lima voltou a assegurar que o seu partido vai apresentar propostas de alteração, tendo em vista "mitigar a quebra de rendimento das famílias", a manutenção dos postos de trabalho e apoio às empresas e produtores, esperando abertura do Governo açoriano, mas não avançando, contudo, qual o sentido de voto do partido.

"O CDS não pretende alterar o plano, mas vai fazer propostas. Estamos abertos ao diálogo e entendimento com o Governo na discussão destas medidas", salientou o líder do CDS/PP dos Açores.

Entre as medidas de alteração que o partido vai propor, Artur Lima disse, por exemplo, que "vai voltar a insistir na aquisição de um avião cargueiro para escoamento dos produtos de pesca e agricultura e vai também apresentar propostas na área da diversificação agrícola".

“Vamos propor um estudo com vista à aquisição de um avião cargueiro. Cada vez mais o tempo nos dá razão que é preciso um sistema de transporte exclusivo para escoamentos dos produtos da pesca e agricultura”, sustentou Artur Lima, que na visita à feira do gado deixou o apelo para que o Governo regional tenha em atenção "investimentos reprodutivos", por exemplo, na agricultura e apostar na diversificação agrícola.

Segundo disse, "é preciso pensar-se também na reconversão agrícola, alegando que existem explorações que não vão ter condições de se manterem numa situação pós-quotas leiteiras".

Na sua deslocação à feira do gado Artur Lima criticou ainda o facto de alguns investimentos surgirem "com anos de atraso", o caso das "obras de construção do novo parque de exposições, prometido há três planos e orçamentos regionais, e cuja obra só agora começou".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.