Assembleia Legislativa regional

CDS-PP acusa secretário de esconder casos de gripe A

CDS-PP acusa secretário de esconder casos de gripe A

 

Olímpia Granada   Regional   27 de Out de 2009, 15:29

Artur Lima, líder da bancada popular, acusou há instantes o secretário regional da Saúde, Miguel Correia, de mentir sobre o número real de casos de gripe A nos Açores e considerou no Parlamento regional que o governante não tem condições para se manter no cargo.
De acordo com o deputado centrista, em declaração política esta tarde de terça-feira, primeiro dia de trabalhos da sessão plenária deste mês, os dados da Direcção Geral de Saúde registavam 2396 casos de gripe A nos Açores até 18 de Outubro último enquanto a Secretaria Regional só anunciava 942 casos.

Acusou ainda Miguel Correia de se autopromover.

Além das intervenções de deputados do PS (Ricardo Cabral em defesa da actuação da tutela regional da Saúde em prol do combate à propagação do vírus H1N1) e do PSD (José Manuel Bolieiro que desafiou Miguel Correia para uma acariação com o delegado de Saúde de ilha de São Miguel, Mário Freitas, e para prestar esclarecimentos em sede parlamentar), o secretário regional da Saúde reagiu.

"É muito grave, vir para aqui acusar-me de mentir aos açorianos, jamais usaria um problema de saúde pública para me autopromover", afirmou o secretário regional.

Lamentando a figura de declaração política utilizada pela bancada parlamentar do PP que só lhe permite uma intervenção e o que na sua opinião é revelador de que, afinal, não se pretende, esclarecimentos, Miguel Correia garantiu que os números da Direcção Regional da Saúde são reais, sustentados em testes de laboratório.

Em relação ao  modelo epidemiológico defendido pelos populares no seu site, Miguel Correia comentou: "Achei..., olhe, sabe? Idiota!"

No encerramento do debate, que na edição de quarta-feira do Açoriano Oriental pode conhecer mais em pormenor, Artur Lima devolveu o adjectivo: "Idiota é a actuação de quem não tem consciência do que faz".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.