Eleições Legislativas 2019

CDS defende investimento na tripolaridade da universidade

CDS defende investimento na tripolaridade da universidade

 

Rui Jorge Cabral   Regional   3 de Out de 2019, 11:35

Após reunir-se com o reitor da Universidade dos Açores, o cabeça-de-lista do CDS nas eleições para a Assembleia da República defendeu a aposta numa “efetiva tripolaridade”

Os candidatos do CDS pelos Açores às Eleições Legislativas do próximo domingo, 6 de outubro, defendem o investimento na tripolaridade da Universidade dos Açores.

Citado em nota de imprensa, o cabeça-de-lista às legislativas, Rui Martins, afirmou que o CDS “acredita numa Universidade dos Açores que tenha um papel fundamental no futuro da nossa Região” e defendeu “uma universidade que responda às necessidades formativas da nossa Região”.

O cabeça-de-lista do CDS pelos Açores entende como prioridade “a aposta numa efetiva tripolaridade que responda à nossa capacidade específica em áreas do conhecimento, como a vulcanologia, o mar, a agricultura e a pecuária, incentivando a investigação e o conhecimento”.

Rui Martins defendeu também “o investimento necessário para a abertura de novos cursos que permitam à nossa juventude continuar a sua formação académica nos Açores, como, por exemplo, o curso de Direito.” Rui Martins reiterou ainda que “o CDS tem, sobre a Universidade dos Açores, uma posição muito clara: a nossa universidade tem custos de contexto que decorrem da nossa insularidade e não pode ser financiada da mesma forma que as universidades do continente. Somos por isso a favor de um regime de financiamento que reconheça as nossas especificidades”.

Rui Martins apelou a uma Universidade dos Açores “de referência na atividade de investigação e intercâmbio com instituições nacionais e estrangeiras”.
Os candidatos centristas foram recebidos em audiência pelo reitor da Universidade dos Açores (UAc), em Ponta Delgada, tendo Rui Martins afirmado que “somos um partido de provas dadas nas respostas para mais e melhor educação”.

O cabeça-de-lista do CDS pelos Açores lembrou que “propusemos o prémio de mérito de acesso ao ensino superior que está este ano em vigor pela primeira vez”, mas também “um programa de intercâmbio para que os estudantes do continente possam estudar na Região”.

Por isso, acrescentou Rui Martins, “dizemos aos jovens que têm no CDS a sua voz”, defendendo uma Universidade dos Açores “que tenha meios para desenvolver o seu trabalho”. Para o cabeça-de-lista do CDS pelos Açores nas eleições para a Assembleia da República, “a Universidade dos Açores é uma das conquistas da nossa Autonomia”, salientando ainda que “é preciso que a nossa universidade tenha as condições de funcionamento”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.