Cavaco quer manter boa relação institucional


 

Lusa/AOonline   Nacional   26 de Out de 2008, 16:23

O Presidente da República disse hoje em Vila de Rei, à margem da inauguração da bibioteca local, que quer “manter a boa relação institucional existente entre os diversos orgãos de soberania até ao último dia do mandato”.

Nas curtas declarações aos jornalistas, Cavaco Silva recusou comentar a entrevista dada este fim de semana pelo primeiro-ministro José Sócrates ao DN e TSF - “até porque ainda não tive oportunidade para a ler” - mas considerou que “é normal a existência de uma boa relação institucional entre orgãos de soberania”.

    “Eu disse logo no primeiro dia em que assumi funções que essa seria a minha conduta e assim deverá ser até ao último dia do meu mandato”, afirmou.

    Segundo disse, “só quando os orgãos de soberania cooperam lealmente é que podem juntar esforços para ajudar a resolver os problemas nacionais”.

    “Eu terei sempre uma atitude construtiva e, quando falo ou tenho intervenções, o objectivo é sempre tentar ajudar a resolver os problemas de Portugal”, disse o Presidente da República.

    O Presidente evitou comentar a proposta de Sócrates relativamente ao salário mínimo nacional, que deverá aumentar para os 450 euros, referindo que “essas matérias, e outras de natureza económica ou financeira, estão em discussão na Assembleia da República e devemos deixar que ela ocorra no local certo”.

    Segundo disse, “o Presidente da República, durante esse tempo de debate orçamental, deve evitar falar de propostas quer sejam provenientes do Governo, quer sejam provenientes dos partidos da oposição”.



   

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.