Cavaco e Passos discutem hoje o futuro de Portugal com portugueses da diáspora

Cavaco e Passos discutem hoje o futuro de Portugal com portugueses da diáspora

 

Lusa/AO Online   Economia   23 de Dez de 2013, 05:26

O Presidente da República e o primeiro-ministro reúnem-se hoje com cerca de 30 portugueses influentes , como Horta Osório, Armando Zagalo ou Joaquim de Almeida, para discutir novas ideias sobre soluções para o futuro do país.

Trata-se do primeiro encontro anual do Conselho da Diáspora Portuguesa, criado faz na quinta-feira um ano, e decorre no Palácio da Cidadela, em Cascais, estando já confirmada a presença de 29 conselheiros de Portugal no mundo e 30 governantes e outros líderes, informou a organização.

"Esperamos ter um debate que permita trazer novas pistas e novas ideias sobre soluções para o futuro", disse à Lusa o presidente da direção do Conselho, Filipe de Botton, que fez um "balanço extremamente positivo" do primeiro ano da organização.

Lançado a 26 de dezembro de 2012 pelo Presidente da República com 25 membros fundadores, o conselho tem hoje 52 conselheiros, de 16 países e quatro continentes.

"A nossa grande preocupação nestes primeiros meses tem sido organizar e mapear os conselheiros de Portugal no mundo, como chamamos a estes portugueses de influência fora de Portugal, no sentido de poderem começar a trabalhar e a propor e sugerir ideias para Portugal", disse Botton.

Na reunião de hoje são esperados o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, e o líder do Partido Socialista, António José Seguro, assim como outros ministros e dirigentes de empresas em Portugal como a REN, a Brisa, o BES ou a IBM.

O objetivo de aproximar estas personalidades dos conselheiros de Portugal no mundo, portugueses com lugares de destaque no estrangeiro, seja em empresas, na cultura ou na ciência, é "criar uma rede e lançar o diálogo" entre todos.

Em debate vão estar "três grandes temas": a mobilidade inteligente, o financiamento alternativo das empresas portuguesas e a discussão sobre se Portugal está pronto para o futuro.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.